Ainda repercute fotos de policiais fazendo selfies ao lado de “bichão” preso no Rio de Janeiro




 

INVERSÃO DE VALORES

Pegou mau

Fotos de policiais civis fazendo selfies e sorrindo ao lado do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, vem sendo compartilhadas em diversos grupos. A atitude dos agentes de segurança pública tem gerado uma série de críticas.

“Por atitudes como destas duas PCs (policiais civis) que vagabundo vira ‘artista, herói, etc’. Só faltou sentarem no colo”, disse um internauta. “Mais um capítulo: vou ali ser punida. Essa policial civil achando que bandido é celebridade. Está de sacanagem”, criticou outro.

O delegado Gabriel Ferrando, da 12ª DP (Copacabana), disse que os policiais serão investigados pela corregedoria pela atitude. “Estão mais em um momento de explosão, independente da ética. Reprovo, não acho certo, mas é uma explosão da vitória do Rio de Janeiro. Mas vão responder na corregedoria”, disse.

A primeira imagem do criminoso, inclusive, foi feita através de uma selfie, mas buscava mostrar mais o bandido preso. O registro foi feito pelo delegado Ferrando, que coordenava a ação que prendeu 157.

Assunto mais comentado do mundo

A prisão de Rogério 157 foi o assunto mais comentados nas redes sociais nesta quarta-feira. No Twitter, o assunto foi o mais citado em todo o Brasil e entre os dez mais do Mundo. Além da prisão em si, a postura dos policias rindo em selfies também gerou memes na Web e diversas críticas. Alguns lembraram até de Gilmar Mendes, que tem causado polêmica ao soltar presos da Lava Jato.

https://twitter.com/kem_psom1/status/938397440427913219/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Fodia.ig.com.br%2Frio-de-janeiro%2F2017-12-06%2Ffotos-mostram-policiais-fazendo-selfies-e-sorrindo-ao-lado-de-rogerio-157.html



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Brasil