Argentina registra primeiro caso de ameba mortal que ‘come cérebro’




 

CURSO DE MANUTENÇÃO EM AR CONDICIONADO EM JEQUIÉ! RESTAM POUCAS VAGAS! WhatsApp (73) 9 8879-2456

AMEBA MORTAL

A Argentina registrou o primeiro caso de uma ameba chamada Naegleria fowleri, que destrói o tecido cerebral e por isso é conhecida por “comer cérebros”.




Segundo informações do jornal Clarín, um menino de oito anos morreu no país depois de contrair a ameba na localidade de General Arenales, localizada a cerca de 320 quilômetros da capital Buenos Aires. Ele ficou infectado em uma lagoa em fevereiro do último ano. A ameba teria entrado pelo seu nariz e alcançou o cérebro. O garoto passou a registrar quadro de febre, vômitos e dor de cabeça, e morreu entre cinco e sete dias depois de registrar os sintomas. Inicialmente, o caso foi diagnosticado como uma meningite. No entanto, a situação chegou ao conhecimento da Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas, que identificou a ameba Naegleria fowleri. Ainda segundo o Clarín, esse tipo de infecção é raro. Entre 2007 e 2016, o Centros de Controle e Prevenção de Doenças relatou apenas 40 casos nos Estados Unidos.

FONTE: CIÊNCIA HOJE



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: CIÊNCIA