Notícias de Jequié e Região

Bumba Meu Boi do Seu Oreco e Grupo Reisado de Vila Juerana se encontram em Dia de Reis após 30 anos

A Folia de Reis, realizada no dia 6 de janeiro em Ilhéus (BA), foi um momento para celebrar as riquezas das expressões culturais e a força das tradições históricas da região. Os grupos Bumba Meu Boi do Seu Oreco, oriundo da comunidade de Urucutuca, e o Grupo Reisado de Vila Juerana se encontraram após 30 anos no principal festejo para estes tradicionais coletivos culturais. As cores, as danças e a musicalidade da reunião folclórica atraiu olhares curiosos de ilheenses e visitantes à Praça Pedro Mattos, em frente ao Teatro Municipal de Ilhéus.

Minuto Jq

Esses grupos compõem a lista de apoios do Programa de Valorização da Cultura (PVC), obtida a partir de um inventário do Patrimônio Imaterial de Ilhéus e região. Esta ação foi realizada por um convênio com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), no ano de 2020, e levantou uma série de saberes, crenças e tradições das comunidades de Ilhéus. O PVC é um dos 34 programas socioambientais conduzidos pela BAMIN durante a implantação do projeto Porto Sul.

Matricula Escolar

A oportunidade de encontro dos grupos de Bumba Meu Boi aconteceu graças a uma articulação entre o Comitê de Valorização da Cultura – Porto Sul e da Secretaria Especial de Cultura (Secult) da Prefeitura de Ilhéus. Assim, essas expressões nascidas na Zona Rural do município estão conectadas com a missão do Comitê, que é responsável por resgatar e valorizar os saberes, crenças e hábitos da cultura local.

Pai Toninho, presidente do Comitê de Valorização da Cultura – Porto Sul, afirma que o encontro é um momento único e muito importante para as comunidades. “Há 30 anos essa mobilização cultural estava adormecida. São comunidades que fazem tudo com muito amor, carinho, dedicação e respeito. Esse trabalho tem um excelente desempenho na cultura local e isso é fruto de uma parceria com a BAMIN”, completa.

COLETIVOS – As manifestações folclóricas estão em etapas distintas de apoio do PVC. O Bumba Meu Boi do Seu Oreco concluiu o processo de acompanhamento de perto da equipe do PVC, e já voltou a se apresentar como atração turística da região. Além disso, eles finalizaram a produção de um documentário, com roteiro e filmagens assinados pelo próprio grupo. O produto é resultado de uma atividade intitulada “Luz, Câmera, Ação” e mostra como é importante a devolutiva das obras para a comunidade.

Jorge Nascimento está à frente do legado do Bumba Meu Boi criado pelo seu avô, Orelino Alves Galdino, conhecido como Seu Oreco. Ele conta como o encontro com o Reisado de Vila Juerana foi emocionante. “Já se passaram três décadas desde que os grupos estiveram juntos, aqui mesmo, na Avenida Soares Lopes. Vamos seguir contando essa história para que a tradição não caia no esquecimento”, reforça.

O Grupo Folclórico Reisado de Vila Juerana está começando os trabalhos com o PVC e já apresenta toda energia para retomar as atividades, reestruturar os elementos cênicos e também preparar um produto audiovisual. Todas essas etapas terão o olhar de perto da equipe do PVC. Adená Soares é a líder do grupo ao lado dos seus irmãos Laércio e José Raimundo. “Essa folia ao lado do Boi do Seu Oreco foi maravilhosa e me fez lembrar do passado. Estou muito feliz e sei que vamos nos encontrar mais vezes”.

 Ali no público estava Shirlez Vaz, aposentada do Piauí que mora em Ilhéus há muitos anos. Ela sintetizou a emoção de testemunhar autênticas expressões culturais ilheenses. “Conheço a tradição do Bumba Meu Boi desde a infância e reviver essa sensação em Ilhéus foi muito bonito. Chequei aqui na praça e me deparei com uma multidão encantada”, declarou.  Informações e Foto: DARANA RP

Comentários no Facebook:

Comentários

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.