Com gol de CR 7 Real Madrid vence Grêmio e é campeão mundial pela sexta vez




 

Time espanhol domina os 90 minutos da partida e consegue o gol com Cristiano Ronaldo, em cobrança de falta, aos sete minutos do segundo tempo. Tricolores só chegaram perto do gol em falta de Edílson.

RESUMÃO




Numa estratégia semelhante à que Renato fez contra o Lanús, na final da Libertadores, o Grêmio mordeu a saída de bola adversária no início do jogo. Logo aos dois minutos, Geromel aplicou uma “chegadinha” na canela de Cristiano Ronaldo, na qual o português reclamou bastante. Com o passar dos minutos, a blitz gaúcha reduziu, ao passo que os merengues assumiram a posse de bola. Embora tamanha qualidade técnica, faltava repertório ao Real e sobraram bolas alçadas para a área.

Em sequência de escanteios, Sergio Ramos superou a defesa gremista por duas vezes, mas faltou finalização do lance. Aos 23, Modric bateu à esquerda de Grohe. A única chance dos brasileiros veio com Edílson, em cobrança de falta, bem como Cristiano Ronaldo assustou da mesma maneira. Aos 37, o melhor jogador do mundo abusou do preciosismo dentro da área e foi parado por um carrinho soberbo de Kannemann. 

O JOGO

Teve luta, batalha, personalidade forte com DNA tricolor. Mas não foi o suficiente. Na tarde deste sábado (noite em Abu Dhabi), em 16 de dezembro de 2017, o Grêmio foi valente, mas acabou derrotado por 1 a 0 para o Real Madrid, com gol de falta de Cristiano Ronaldo, no Zayed Sports City.

Da sua maneira, o Grêmio acabou com o planeta, sim. Mesmo sem o bi mundial, o Tricolor fez bonito, desfilou o melhor futebol do Brasil para o mundo inteiro. Perdeu para o Real Madrid, mas deu uma lição de boa administração e cultura tática, orquestrada por um gestor de grupo sem igual chamado Renato Portaluppi.

 



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Esporte