Estourada! Aos 16 anos, Ana Catarina faz até 20 shows ao mês




MUSA ESTOURADA!

Adolescente filha de faxineira é nova estrela da música na Bahia; conheça Anna Catarina.

SIGA O INSTAGRAM DO JEQUIÉ URGENTE >>https://www.instagram.com/jequie_urgente/?hl=pt-br

Ela é considerada o novo fenômeno da música na Bahia. Em menos de seis meses de carreira profissional, tem meio mundo de fãs-clubes, além de vídeos com mais de 6 milhões de visualizações no YouTube. Estamos falando de Anna Catarina, de 16 anos, que está com agenda lotada e, nos últimos meses fez shows em dezenas de cidades pelo país.




Na Bahia, a agenda de shows da cantora incluiu cidades como Ilhéus, Feira de Santana, Ipiaú, Salvador, Jequié e Candeias. De acordo com a agenda oficial, somente no mês passado, no período de 1º a 29, foram mais de 20 apresentações na Bahia e Alagoas. O primeiro show de junho foi na cidade baiana de Muritiba e o último em Feira de Santana. Nesse período também passou por Murici, Marechal Deodoro e Maceió, em Alagoas.

Mas a vida da adolescente nem sempre foi fácil. A mãe de Anna Catarina e Miguel Ângelo, 19, Edianez Andrade, 39, conta que sempre enfrentou dificuldades para cuidar das crianças e ainda não acredita no que está acontecendo na vida da filha, que começou a despontar para o sucesso em dezembro, quando a situação financeira em casa tinha chegado ao limite.

MÃE SOLTEIRA

“Eu sou mãe solteira. Quem criou meus dois filhos fui eu. Sempre fui mãe e pai. Já passamos muita dificuldade. Tem horas que a gente nem acredita no que tá acontecendo”, comenta Edianez, que se divorciou quando Anna Catarina tinha 2 aninhos.

Na época, ainda moravam em Aratuípe, cidade natal deles (e onde Catarina recebeu uma homenagem recente), mas depois se mudaram para Nazaré das Farinhas e, em seguida, para Santo Antônio de Jesus, após Miguel Ângelo passar no vestibular.

A principal fonte de renda, nos últimos anos, vinha da limpeza que fazia em casas de família. “Eu trabalhava como faxineira até o ano passado. A gente tava morando em Santo Antônio de Jesus. Meu filho passou na faculdade de Engenharia Civil e eu fui pra lá pra ficar com ele. Pra pagar as despesas, comecei a trabalhar como faxineira”, conta.

O JOGO COMEÇA A VIRAR

Em dezembro passado, Edianez e Anna Catarina voltaram para Nazaré, e foi quando a falta de grana deixou as coisas bem complicadas. Só que aí, milagrosamente, o jogo começou a virar.

“A gente tava assim numa situação bem difícil. Aí ela falou ‘olha, minha mãe’, eu postei um vídeo e ele tá estourado na internet. Aí pipocou. Desde então ela passou a ganhar 3 mil seguidores por dia, e continua da mesma forma. O vídeo foi postado em dezembro. É coisa de Deus mesmo”, avalia a mãe, comemorando os 530 mil seguidores apenas no Instagram.

Ela lembra que pouco antes do vídeo pré-profissionalização estourar, tinham alugado uma casinha bem humilde, por R$ 250, “paga com o que Anna recebia (R$ 280) da pensão do pai”. 

A principal fonte de renda, nos últimos anos, vinha da limpeza que fazia em casas de família. “Eu trabalhava como faxineira até o ano passado. A gente tava morando em Santo Antônio de Jesus. Meu filho passou na faculdade de Engenharia Civil e eu fui pra lá pra ficar com ele. Pra pagar as despesas, comecei a trabalhar como faxineira”, conta.

Em dezembro passado, Edianez e Anna Catarina voltaram para Nazaré, e foi quando a falta de grana deixou as coisas bem complicadas. Só que aí, milagrosamente, o jogo começou a virar.

“A gente tava assim numa situação bem difícil. Aí ela falou ‘olha, minha mãe’, eu postei um vídeo e ele tá estourado na internet. Aí pipocou. Desde então ela passou a ganhar 3 mil seguidores por dia, e continua da mesma forma. O vídeo foi postado em dezembro. É coisa de Deus mesmo”, avalia a mãe, comemorando os 530 mil seguidores apenas no Instagram.

Ela lembra que pouco antes do vídeo pré-profissionalização estourar, tinham alugado uma casinha bem humilde, por R$ 250, “paga com o que Anna recebia (R$ 280) da pensão do pai”.

“A gente não tinha nem uma semana em Nazaré e apareceu uma pessoa de Aracaju, querendo investir. No dia de Natal, a gente não tinha nem pra onde ir, e ele apareceu e comprou a passagem pra gente ir pra Aracaju e hoje estamos aqui”, conta ela, citando o empresário que viu o tal vídeo bombado e resolveu investir no talento de AC.

Entre outras gestões, produziu o clipe para a música ‘Eu Acreditei’ (versão que Anna Catarina fez de ‘Photograph’, de Ed Sheeran), e para a 100% autoral ‘Vida de Solteira’ (que tem um making-of bem engraçado após a música), entre outras gravações de estúdio.

Prodígio: Anna Catarina canta desde os 4 anos de idade. Vem de uma linhagem de músicos: são 49, ao todo, que sempre tocaram instrumentos de sopro em filarmônicas. “Ela é a única que veio na voz, na garganta”, separa Edianez, que cita a escolinha como o primeiro palco da danadinha. 

Já mais grandinha, prometeu a um conhecido da família, candidato a vereador, a composição de um tema para sua campanha. “Depois que cantou a música dele, apareceram vários políticos atrás querendo que ela cantasse também. Aí ela passou a cobrar”, diz, sobre o bico de AC como compositora de jingles políticos, um exercício para as composições românticas que a ascenderiam mais tarde.

A ascensão, inclusive, poderia ter vindo alguns anos antes, mas a mãe avaliou não ser o momento certo (aposta ganha também). “Com 12 anos, a gente postou um vídeo e uma pessoa da Record viu e realizou o sonho dela de conhecer Ivete Sangalo, no programa de Geraldo Luís. Eu disse que não queria empresário nenhum naquele momento, porque ela era muito nova e não sabia o que queria”, relembra Edianez, sem traço de arrependimento. 

Além do momento que vive, a nova morada, em Salvador, também é bem diferente da casinha humilde, de R$ 250, em Nazaré das Farinhas.

“Hoje eu moro num apartamento com ela, em Brotas. Ela hoje pode nos proporcionar uma vida melhor”, agradece, incluindo aí a quantidade de trabalho que está por vir.

Em junho, foram 22 shows, e julho já tem mais 20 marcados. “O ano todo já tá praticamente fechado. Os meses todos quase não têm mais vaga pra vender show”, explica a mainha orgulhosa, que agora quer levar seu bebê para voos mais altos, fora da Bahia. Preparem-se para o Novo Hit do Brasil. Nasce uma estrela.

FONTE: CORREIO 24 HORAS



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: FAMOSOS