Notícias de Jequié e Região

Estudantes entram na contagem regressiva para o ENEM

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) encerrou, nesta quinta-feira (10), a série de aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que acontecerão nos dias 13 e 20 de novembro. Realizados no auditório da instituição, os aulões foram iniciados no mês de julho, envolvendo 200 escolas e, aproximadamente, 8 mil alunos. Esta é uma das iniciativas do programa ENEM 100%, que também envolve, dentre outras iniciativas, apoio logístico de transporte para o deslocamento dos estudantes que moram distantes dos locais de aplicação das provas.

O superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manoel Calazans, disse que as equipes da SEC, incluindo os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), são engajadas neste processo para garantir que os inscritos façam as provas. “Depois dessa etapa de aulões, o nosso foco é garantir que todos os estudantes da nossa rede possam fazer o ENEM. Com isto, contamos com a parceria já tradicional com os municípios, que disponibilizam o transporte escolar nos dias das provas. Muitas escolas também fornecem um kit incentivo, como lanche e canetas, para apoiar os estudantes”, afirmou.

O estudante Alan Gaudino de Jesus, 18, do Colégio Estadual Eraldo Tinoco, no bairro Sete de Abril, em Salvador, que participou do aulão do ENEM, falou sobre as expectativas para a prova. “Espero fazer uma ótima prova, porque venho me preparando durante todo o ano. Foi muito importante ter o apoio dos professores e participar de atividades como os aulões da SEC”.

O Universidade para Todos (UPT) é outro programa desenvolvido pela SEC, ao longo do ano, que visa contribuir com o ingresso dos estudantes ao Ensino Superior. O UPT, que foi transformado em política pública de Estado, em 2020, é direcionado a estudantes concluintes e egressos do Ensino Médio da rede pública estadual e é executado em parceria com as quatro universidades estaduais (UNEB, UESB, UEFS e UESC) e a Universidade Federal do Recôncavo (UFRB). Em 2022, o UPT ofertou 15 mil vagas, com 270 locais de funcionamento em 200 municípios, nos 27 Territórios de Identidade, somando mais de R$ 10 milhões de investimentos.

No programa UPT são ofertadas aulas presenciais nos polos (da capital e do interior), com práticas didáticas que incluem atividades síncronas e assíncronas; realização de simulados que possibilitam que os cursistas possam avaliar o próprio conhecimento e vivenciar como acontece o processo ENEM; realização de aulões por área do conhecimento; “Giro das Profissões” com coletânea de vídeos com profissionais das diversas áreas falando sobre o curso; entre outra atividades.

Plataforma Anísio Teixeira – Neste sentido, os estudantes contam, ainda, com mais de 15 mil recursos educacionais digitais disponibilizados para professores, coordenadores pedagógicos, gestores escolares e estudantes, por meio da Plataforma Anísio Teixeira (pat.educacao.ba.gov.br). Os conteúdos produzidos/catalogados inseridos na plataforma se fundamentam nas matrizes curriculares, contemplando os ensinos Fundamental II e Médio das redes estadual e municipais de ensino, além da Educação Profissional. Além de jogos, podcasts, sequências didáticas e animações, a plataforma conta com as aulas do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC).Foto: Claudionor Jr

Minuto Jq

Comentários no Facebook:

Comentários

Matricula Escolar

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.