Notícias de Jequié e Região

Greve dos Bancários continuam

Jequie Covid 1

A proposta dos patrões foi de 7% de reajuste nos salários e benefícios e um abono de R$ 3,3 mil, que será pago 10 dias após a assinatura do acordo

O comando nacional da greve dos bancários rejeitou uma nova proposta de reajuste apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) nesta sexta-feira (9/9). A proposta dos patrões foi de 7% de reajuste nos salários e benefícios e um abono de R$ 3,3 mil, que será pago 10 dias após a assinatura do acordo. Os bancários pedem reajuste de 14,78% [sendo 5% de aumento real e mais a correção da inflação], 14º salário, participação nos lucros e resultados (PLR) de R$ 8.297,61, entre outros. “O valor fixado para o abono está 10% acima da proposta inicial apresentada no dia 29 de agosto e, somado ao reajuste no salário, superior à inflação prevista para os próximos 12  meses, representa um ganho expressivo para a maioria dos bancários”, afirma, em nota, a Fenaban. As negociações deverão ser retomadas na segunda-feira (12). Segundo a federação, o modelo de aumento composto por abono e reajuste sobre o salário é o mais adequado para o atual momento de transição na economia brasileira, de inflação alta para uma inflação mais baixa.

Comentários no Facebook:

Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.