Justiça aceita denúncia e acusado de espancar jequieense em Salvador vira réu




 

JUSTIÇA 

SIGA O INSTAGRAM DO JEQUIÉ URGENTE>>  https://www.instagram.com/jequie_urgente/?hl=pt-br

O juiz Paulo Sérgio Barbosa de Oliveira aceitou a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra Guilherme Machado da Silva, 21 anos, suspeito de agredir o jovem Cayan Lima Santana, 19, após uma festa em Ondina. Com a decisão judicial, Guilherme virou réu.

Foto: Guilherme




Cayan é filho do conselheiro da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), Ary Santana. A agressão ocorreu no dia 3 de julho deste ano e de acordo com as investigações do MP-BA, Guilherme teria golpeado Cayan com socos no rosto e chutes no tórax e cabeça (relembre aqui). 

Foto: Cayan

Na decisão, o magistrado ressaltou que há “elementos informativos que evidenciam a materialidade e os indícios de autoria, aptos a justificar” o recebimento da denúncia. Paulo Sérgio, porém, rejeitou o pedido do MP-BA para que fosse recolhido o passaporte de Guilherme. O juiz entendeu que não há “nenhum fato concreto” que justifique a medida.

FONTE: BAHIA NOTÍCIAS



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Bahia