Mais de 900 recém-nascidos morrem por sujeira em hospitais, diz OMS e Unicef




 

TRISTE REALIDADE

Um relatório publicado hoje (3) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) indica que mais de 900 mil recém-nascidos morrem a cada ano devido às más condições de higiene dos hospitais e centros-médicos onde nascem.

Os relatórios que estudam as condições de centros sanitários de todo o mundo indicam que uma de cada quatro instalações médicas não tem água corrente ou sofre com acesso limitado a ela,comprometendo o atendimento de dois bilhões de pessoas. Um de cada seis centros estudados, não tem serviços básicos para que médicos e pacientes possam lavar as mãos.




As características analisadas são cruciais para prevenir a proliferação das infecções no ambiente.

FONTE: METRO 1



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Saúde