Menina de 8 anos é degolada pelo primo e pai do assassino tenta esconder o corpo em saco plástico




 

TRAGÉDIA

A polícia de Guaíra, no Paraná, confirmou o assassinato brutal da menina Sara Emanuela Martins, de 8 anos. Um primo de 17 anos confessou o assassinato. Desaparecido, o corpo foi encontrado em um saco de plástico, com a cabeça da menina praticamente degolada.

De acordo com a polícia, o primo teria tentando matar a menina enforcada e, após falhar, desferiu um golpe de faca no pescoço da vítima, que foi praticamente degolada. A polícia afirma que o suspeito confessou o crime e alega ter problemas mentais.




Sara morava com a avó, Maria Martins Rossi, um tio — pai do suspeito — e seu primo. O adolescente, que confessou o crime, ficava hospedado em um quarto isolado do restante dos familiares, nos fundos da casa.

“Era uma menina muito feliz, que tinha sonhos. Ela já contava que queria ser cozinheira, que queria trabalhar em um grande restaurante”, afirmou Maria, a avó, em entrevista ao Cidade Alerta, da Record. Veja a reportagem:

FONTE: ITAMBÉ AGORA



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Assassinato