Notícias de Jequié e Região

Movimento Ciclo-Olhar está recebendo doações de capacetes para ciclistas de baixa renda

Sabemos da importância do ciclista andar com equipamentos de proteção, e quando esse meio de transporte contribui para a mobilidade das cidades. Entretanto, muitos ciclistas não tem condições financeiras de adquirir o equipamento de segurança. O movimento Ciclo-Olhar está realizando uma iniciativa no município de Jequié e região. A ideia é receber doações de capacetes novos ou usados para ciclistas de baixa renda. E o primeiro capacete já foi entregue no Centro Industrial de Jequié, na Bahia, no último dia 30.mai.2021, às 6h30 da manhã, para um ciclista e pescador da região.

Valmir Costa recebeu a doação do primeiro capacete. O pescador tem 65 anos, pedala desde os 15 anos de idade, nunca tinha usado um capacete, é responsável pelo sustento da família. O critério na abordagem e escolha desse ciclista, foi o estado de sua bicicleta barra forte – bastante enferrujada e remendada. Hoje, não sabe ler direito e tem problema na visão, é acometido por catarata. Transporta em um isopor no fundo da bicicleta o que consegue pescar no Rio de Contas ou na Barragem de Pedral em Jequié, na Bahia. Costa é morador de um bairro popular (operário), denominado KM 3.

Prefeitura Gabriela – Covid
Prefeitura IPTU – 2021

Dado Galvão é ciclista e realiza ações de incentivo ao uso da bike em sua cidade. Galvão é documentarista e morador de Jequié (BA), município que tem 160 mil habitantes, localizada no interior baiano, fica distante aproximadamente 400 quilômetros de Salvador.

Galvão é fundador do movimento Ciclo-Olhar, composto por ciclistas de vários locais do Brasil que fotografam momentos de lazer e do cotidiano, sempre com o apoio da bicicleta. Ele recebe as fotos, e então publicadas no perfil do Instagram Ciclo-Olhar. O doador do capacete é convidado a escrever uma carta para o ciclista que irá receber o capacete. O que reforça o compromisso de sempre utilizar o capacete em qualquer momento que for pedalar. A campanha tem como slogan: “Ciclista que tem cabeça, usa e doa”. Por: Evandro Tosin – Jornalista

Instagram:http://bit.ly/JequieUrgente

Comentários no Facebook:

Comentários

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.