Notícias de Jequié e Região

Novo decreto é publicado e boa parte do comércio continua fechado em Jequié

DECRETA:
Art. 1º – Permanece suspensa a realização de toda e qualquer atividade
econômica formal e informal (setores de serviços, varejista ou atacadista), no
município de Jequié, incluindo ambulantes, podendo funcionar apenas os
seguintes estabelecimentos:
I – Farmácias;
II – Postos de combustíveis;
III – Supermercados, Hipermercados, mercadinhos e feiras livres;
IV – Padarias e delicatessens;
V – Borracharias, Oficinas e Autopeças;
VI – Distribuidor de água mineral, gás de cozinha e alimentos;
VII – Distribuidor e provedores de internet;
VIII – Hospitais e atendimentos de tratamentos contínuos a exemplo de
oncologia, hemoterapia, hemodiálise e diagnóstico por imagem;
IX – Clínicas médicas em geral, apenas para atendimento de urgência e
emergência e cardiologia;
X – Clínicas odontológicas, apenas para atendimento de urgência;
XI – Clínicas veterinárias, apenas para atendimento de urgência e emergência;
XII – Laboratórios de análises clínicas;

XIII – Serviços funerários e velatórios;
XIV – Bancos, lotéricas e cooperativas de crédito;
XV – Hotéis, Pousadas e Pensões;
XVI – Empresas de segurança e vigilância patrimonial;
XVII – Restaurantes, lanchonetes, quiosques e trailers, em atendimento exclusivo
por delivery;
XVIII – Estabelecimentos que forneçam insumos hospitalares;
XIX – Estabelecimentos de produtos agropecuários, indispensáveis à
manutenção de lavouras, rebanhos e afins;
XX – Farmácias de manipulação;
XXI – Petshops;
XXII – Transporte coletivo urbano;
XXIII – Indústrias;
XXIV – Lojas de armamento e equipamentos militares;
XXV – Lojas de produtos alimentícios naturais e homeopáticos;
XXVI – Óticas;
XXVII – Setor de construção civil, tais quais, obras em geral e materiais de
construção;
XXVIII – Setor de manutenção e fornecimento de telefonia, internet e
informática;
XIX – Estabelecimentos de manutenção de equipamentos ligados aos
estabelecimentos com funcionamento permitido.
XXX – Estabelecimentos de artigos esportivos;
XXXI – Estabelecimentos de tecidos, armarinhos e afins;
XXXII – Centros de formação de condutores;
XXXIII – Salões de beleza, barbearias e similares;
XXXIV – Clubes de serviços;

XXXV – Igrejas e templos religiosos.
XXXVI – Museu.

Renova a restrição de circulação de pessoas (toque de recolher), no
horário compreendido entre as 18h às 5h, devendo todos os munícipes e
proprietários de estabelecimentos comerciais o cumprirem.

 Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, tendo
vigência até o fim do dia 10 de agosto de 2020, podendo ser renovado,
modificado ou revogado a qualquer tempo por ato próprio.

Comentários no Facebook:

Comentários

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.