Pedreiro mata mulher e concreta corpo em parede após briga por 50 reais




COVARDIA

SIGA O INSTAGRAM DO JEQUIÉ URGENTE >>https://www.instagram.com/jequie_urgente/?hl=pt-br

Um homem matou uma mulher por R$ 50 e concretou o corpo em na parede da obra em que trabalhava, em Vila Velha, no Espírito Santo. Lucas Raphael dos Santos Silva, de 33 anos, foi preso na última sexta-feira, 13, pela Polícia Civil.

O assassino estava escondido em Belo Horizonte, Minas Gerais, em um abrigo para egressos do sistema prisional.




O corpo da vítima foi encontrado por outros operários que trabalhavam na mesma obra, a construção de um centro comercial na Praia do Costa, no dia 10 de abril.

Segundo Raffaella Almeida, a delegada responsável pelo caso, Lucas era o único funcionário que dormia no local. Durante seu depoimento à polícia, ele confessou o crime. Ainda de acordo com a polícia, o assassino contou que consumiu drogas antes de consumar o crime.

No depoimento Lucas disse a polícia que encontrou a moça, a quem conhecia apenas por “De Menor”, e a convidou para usar mais drogas na obra em que trabalhava. Em determinando momento, ele notou que havia lhe sumido R$ 50 reais e acusou a mulher de tê-lo roubado.

Segundo a Polícia Civil, a vítima teria ameaçado gritar por socorro e, para impedi-la, Lucas apertou seu pescoço.

Segundo Lucas, quando a mulher perdeu a consciência, ele achou que ela estivesse morta e decidiu esconder o corpo. O assassino disse ainda que deixou a vítima cair no chão. Na queda ela bateu a cabeça. Lucas, então, colocou o corpo nos fundos da obra e o concretou em uma parede. Ele fugiu logo depois.

De acordo com a Polícia Civil, o laudo cadavérico apontou traumatismo craniano como causa da morte. O corpo da vítima, que estava sem documentos, não foi identificado.

Extra.Globo


Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Assassinato